LUÍS DA CÂMARA CASCUDO

Ludovicus – Instituto Câmara Cascudo


A 5 de janeiro, o Ludovicus – Instituto Câmara Cascudo é oficialmente aberto à visitação pública, recebendo a visita de alunos, turistas e todos os interessados em conhecer, mais de perto, a vida e a obra do maior intelectual potiguar. O ano é marcado por ações de divulgação, estruturação e consolidação do Ludovicus, tais como: elaboração de projetos, estabelecimento de convênios e parcerias e disponibilização do espaço cultural para outras instituições interessadas.

Neste sentido, ocorre no período de 28 a 29 de maio, o Ciclo de Leituras Dramáticas, a cargo do Núcleo de Jovens Artistas – NJA, realizado no auditório do Ludovicus. Em 21 de junho, recebemos a visita da Diretora do Instituto Brasileiro de Museus – IBRAM na nossa sede e são apresentados diversos projetos pleiteados pela instituição, tais como: aquisição de arquivos deslizantes para acondicionamento do acervo bibliográfico e documental, climatização do ambiente, aquisição de equipamentos de segurança, contação de histórias, oficinas, seminários e atividades lúdicas, ações de preservação e divulgação do acervo imaterial.

A 24 de julho, neste mesmo auditório, acontece a inauguração do Núcleo Educacionista Câmara Cascudo, ONG presente em diversos estados do país, cujo objetivo é discutir e fortalecer a educação brasileira. É elaborado o projeto de digitalização do acervo de correspondências de Cascudo, composto por cerca de 15.000 itens. Para a concretização deste projeto é firmado um contrato com a empresa de digitalização Mais Data, que inicia o processo em agosto, sendo a primeira etapa composta pelo escaneamento, realizado no próprio Ludovicus, de todos os documentos.

Em 28 de julho é firmado com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) um Acordo de Cooperação Técnico-Científica, cujo objetivo é “a promoção da mútua cooperação técnica, científica e educacional entre as instituições signatárias, visando o desenvolvimento de atividades voltadas para o ensino, pesquisa e extensão, que envolvam trocas de informações técnicas e científicas, consultoria, realização de cursos, estágios, seminários e conferências, publicação de títulos, que permitam aos partícipes conjugar esforços em suas respectivas áreas de atuação, favorecendo o intercâmbio entre profissionais e acadêmicos nas áreas de interesse comum, impulsionando a produção de programas e projetos nas áreas afins, especialmente as concernentes à vida e obra de Luís da Câmara Cascudo”.

Na oportunidade são lançados pela EDUFRN, mais cinco obras cascudianas, quatro da Coleção Câmara Cascudo: memória, Gente Viva, Na Ronda do Tempo, Ontem, Pequeno Manual do Doente Aprendiz, e uma pertencente à Coleção História Potiguar, História da Cidade do Natal. Novamente a UFRN se faz presente com importante lançamento de livros que se encontravam fora do mercado e cuja importância para a história e a cultura brasileira é inegável.

A 15 de dezembro, em alusão ao aniversário natalício de Cascudo, são lançadas duas obras cruciais para o entendimento cascudiano: Câmara Cascudo e Mário de Andrade – Cartas, 1924-1944, com organização e notas do Prof. Marcos Antonio de Moraes, do IEB/USP, e Coronel Cascudo: O herói oculto, de autoria de Anna Maria Cascudo Barreto, presidente do Ludovicus. A primeira delas, a cargo da Global Editora, resultou de uma profícua parceria firmada entre diversas instituições potiguares e paulistas, a saber: Ludovicus – Instituto Câmara Cascudo, Academia Norte-Riograndense de Letras, Instituto de Estudos Brasileiros – IEB/USP e Academia Paulista de Letras.

A obra tem um caráter histórico bastante peculiar devido ao fato de reunir, pela primeira vez, toda a correspondência trocada durante vinte anos entre dois dos maiores intelectuais brasileiros. O segundo lançamento, sob responsabilidade da Editora da UFRN – EDUFRN, faz o resgate de um personagem histórico, Francisco Justino de Oliveira Cascudo, pai de Luís da Câmara Cascudo e personalidade atuante na história potiguar.

Acesse: Ludovicus – Instituto Câmara Cascudo

Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org
Luís da Câmara Cascudo - OpenBrasil.org